"Deus dorme nas pedras, respira nas plantas, sonha nos animais, desperta nos homens..." (AFORISMA INDIANO).


domingo, 6 de novembro de 2011

UM POEMA DE TAGORE...



No dia em que a flor de lótus desabrochou, a minha mente vagava, e eu não a percebi.             Minha cesta estava vazia e a flor ficou esquecida.                                                                 Somente agora e novamente, uma tristeza caiu sobre mim.                                                                           Acordei do meu sonho sentindo o doce rastro  de um perfume, no vento sul.                           Essa vaga doçura fez o meu coração doer de saudade...                                                              Pareceu-me ser o sopro ardente do verão, procurando completar-se.                                                     Eu não sabia então que a flor estava tão perto de mim                                                                             E que ela era minha.


RABINDRANATH TAGORE.


2 comentários:

  1. Anda não conhecíamos esses poemas, um achado e tanto.

    bjs das 5

    ResponderExcluir
  2. Gracias,pela visita e comentário!Abraços nas 5!

    ResponderExcluir